11 de março de 2014

Setor de Letras Russas

O Setor de Letras Russas foi criado em 1968, inaugurando o Departamento de Letras Orientais e Eslavas. Atualmente é composto por cinco professores, os quais ministram disciplinas diversas, referentes à área de estudos russos.

Além do curso de graduação, o Setor oferece também curso de pós-graduação Lato Sensu (especialização). Esse curso oferece a especialização em temáticas distintas, proporcionando aos estudantes maior aprofundamento em área específica dos estudos russos. Para maiores informações, é necessário entrar em contato pelo e-mail letrasrussasufrj@gmail.com.

Também são oferecidos cursos de extensão periódicos, referentes a diversas áreas do saber, sempre envolvendo a temática russa. Nos últimos anos, vêm sendo ministrados cursos interdisciplinares que envolvem jornalismo, tradução, teatro, artes plásticas, língua e literatura russas. O curso de extensão mais procurado tem sido realizado no âmbito do projeto de extensão CLAC (Curso de Línguas Aberto à Comunidade), que oferece turmas regulares de língua russa para aqueles que desejarem aprender um pouco do idioma e da cultura da Rússia.  O curso de língua russa do CLAC conta atualmente com a participação de quatro monitores de russo, estudantes do curso de graduação Português-Russo da Faculdade de Letras da UFRJ, que passam por exame e orientação dos professores do Setor para poderem exercer atividades de monitoria.

Nos últimos anos, o Setor de Letras Russas vem desenvolvendo eventos em conjunto com o Departamento de Letras Orientais e Eslavas, tais como os Encontros e Congressos do referido departamento, de abrangência nacional e internacional, eventos únicos na área de estudos orientais e eslavos. Além disso, o Setor também desenvolve parcerias com outros setores da Faculdade de Letras da UFRJ, organizando ciclos de palestras, traduções, entre outros.

Dentre as parcerias citadas acima, cabe ressaltar a possibilidade de o Setor promover debates acerca dos estudos russos, trazendo professores de outros países para a divulgação de suas pesquisas desde 2005, que em muito contribuem para o enriquecimento das pesquisas sobre assuntos russos no Brasil.

dep-russo

A produção acadêmica dos professores que compõem o Setor é bastante variada e, além da participação e organização de eventos, desenvolvimento de projetos de pesquisa e publicação de artigos, envolve a realização de traduções. A esse propósito, vale ressaltar as traduções realizadas pela Profª Sonia Branco de duas obras importantíssimas do escritor russo Liev Nikoláievitch Tolstói – Contos de Sebastopol (Editora Hedra, 2011) e Os Cossacos (Editora Livros da Matriz, 2012) – bem como de textos de diversos críticos russos do século XIX, tais como Tchernichévski, Dobroliúbov, Píssarev e Mikhailóvski, publicados na Antologia do Pensamento Crítico Russo (Editora 34, 2013). Cabe ainda ressaltar a tradução de contos infantis do referido Tolstói, realizada pela Profª Tatiana G. Mariz em parceria com sua filha Ana Sofia, publicada no livro A Pedra na Praça e outras histórias (Cárcamo, 2012) e a tradução do Profº Diego Leite de Oliveira da peça de teatro Pais e Filhos, adaptação do romance homônimo de Ivan Turguéniev, realizada pelo premiado dramaturgo russo Adolf Shapiro, feita para a mundana companhia, que a encenou em setembro de 2012.

livros-russo

Além dos trabalhos apresentados acima, o Setor planeja a criação de grupo de pesquisa sobre assuntos russos diversificados, considerando sempre a interdisciplinaridade dos temas a serem investigados. Para isso, importantes se fazem as parcerias desenvolvidas até o momento, assim como a cooperação conjunta com instituições de ensino superior e centros de pesquisas no Brasil e no exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *